Pular para o conteúdo principal

CENTRO ACADÊMICO DE LETRAS - PORTUGUÊS - CÂMPUS UNIVERSITÁRIO DE RONDONÓPOLIS


O Centro Acadêmico (CA) é uma entidade sem fins lucrativos que representa todos os estudantes de um determinado curso da Universidade, neste sentido, ele deve manter com os estudantes um canal direto e permanente de contato de maneira democrática.
O Centro Acadêmico se trata de associação estudantil regulamentada pela Lei Federal nº 7.385 de 31 de outubro de 1985 do Código Civil Brasileiro.
Suas funções são:
ü Discutir soluções para os problemas do curso;
ü Fiscalizar o curso;
ü Indicar representação discente nos órgãos colegiados e de departamento;
ü Garantir o contato dos discentes junto ao DCE [Diretório Central de Estudantes];
ü Organizar atividades acadêmicas extracurriculares [debates, palestras, semanas temáticas, recepção de calouros, projetos de extensão, confraternizações, entre outras]
O Centro Acadêmico do Curso de Letras/Português denominado de LetrAção foi reorganizado no dia 10 de agosto do ano de 2016 e se rege de Estatuto Social criado em 12 de julho do mesmo ano. Conforme a Ata de Posse de data de reorganização da entidade estudantil, fazem parte da Gestão 2016-2018 as seguintes discentes: Helen Carina Barbosa Terezio (Presidente), Giovana Amorin (Vice-presidente), Giovana dos Santos Ribeiro (Secretária Geral), Kamila Sodré Souza (Coordenadora Financeira), Elieza Souza Abreu (Coordenadora de Eventos).


O Centro Acadêmico do Curso de Letras/Português tem sua sede e foro jurídico na cidade de Rondonópolis, Estado de Mato Grosso, na Rodovia MT 270, km: 06, Parque Residencial Sagrada Família. CEP 78735-910.  O CALET LETRAÇÃO congrega-se na sala 18 do Centro de Convivência do Câmpus Universitário de Rondonópolis - UFMT

Fontes:

http://www.une.org.br/noticias/10-passos-para-voce-fundar-um-centro-academico/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FALAS DAS PERSONAGENS DE MACBETH, TRAGÉDIA DE SHAKESPEARE

“Aconteça o que acontecer, o tempo e a hora chegam ao fim dos dias mais difíceis” [Macbeth] “Não existe arte que possa decifrar o sentido da alma pela face” [Ducan] “Um rosto falso deve esconder o que sabe um coração falso” [Macbeth ] “O hálito frio das palavras gela demais a ação cálida” [Macbeth] “Horror! Horror! Horror! Não há língua nem coração que possam conceber-te ou nomear-te” [Macduff] “É fácil para um homem falso fingir uma dor que não sente.” [Malcom] “Ser rei, nada significa; é preciso ser tranquilo...” [Macbeth] “Nada se ganha, ao contrário, tudo se perde, quando nosso desejo se realiza sem satisfazer-nos.” [Lady Macbeth] “Todas as coisas irremediáveis deveriam ser esquecidas. O que está feito, está feito.” [Lady Macbeth] “Tudo não passa de uma visão criada pelo teu medo” [Lady Macbeth] “Vós bem sabeis: a confiança é o maior inimigo dos mortais.” [Hécate] “Tudo é temor, nada é amor e quase nada sabedoria, numa fuga tão precipitada contra toda a razão” [Lady Macduff] “Tud…

FALAS DAS PERSONAGENS DE REI LEAR, TRAGÉDIA DE SHAKESPEARE

“Meu amor é mais rico que minha língua” [Cordélia] “A liberdade vive lá fora e o exílio está aqui [Kent] “E que vossos atos possam confirmar vossos grandes discursos, para que das palavras de amor brotem virtuosas realidades.” [Kent] “O amor não é amor quando a ele se misturam preocupações estranhas ao seu puro objetivo” [França] “O tempo desvendará o que as dobras da astúcia encobrem” [Cordélia] “Começo a achar uma escravidão ociosa e estúpida a opressão da velhice tirânica que governa, não porque tenha poder, mas porque é tolerada” [Glócester] “... achamos que o sol, a lua e as estrelas sejam culpados de nossas desgraças...” [Edmundo] “A verdade é um cão que deve ser relegado ao canil; é jogado para fora a chicotadas...” [Bobo] “Sim, é verdade, terei cuidado com minha língua; embora nada digais, é esta ordem que vosso aspecto me dá...” [Bobo] “O próprio pudor reclama um remédio imediato” [Goneril] “Se o cérebro de um homem estivesse nos calcanhares, não haveria perigo de que ficass…

FALAS DAS PERSONAGENS DE OTELO, O MOURO DE VENEZA

“Não sou o que sou” [Iago] “Chorar uma desgraça consumada e desaparecida, é o meio mais seguro de atrair outra desgraça nova. [Doge] “As palavras não passam de palavras e nunca ouvi dizer que num coração magoado fosse possível penetrar pelo ouvido” [Brabância] “Estupidez é viver quando a vida é um tormento; e, aliás, temos a receita para morrer, quando a morte é nosso médico.” [Rodrigo] “Se a balança de nossas existências não tivesse o prato da razão como contrapeso ao da sensualidade, o sangue e a baixeza de nossa natureza nos conduziram às mais desagradáveis consequências.” [Iago] “O amor é simples concupiscência do sangue e uma tolerância da vontade...” [Iago] “Vós vos levantais para vadiar e ides para cama para trabalhar” [Iago] “Porque minha alma sente uma felicidade tão absoluta que tenho medo de que não haja um outro maravilhamento semelhante a este, no porvir desconhecido de meu destino.” [Otelo] “Quando o sangue fica amortecido pela ação do prazer, para inflamá-lo novamente e para da…