Pular para o conteúdo principal

PROGRAMAÇÃO SESC NOVEMBRO

Em comemoração ao Dia do Musico, esta edição da série dos Concertos SESC Partituras, Léo de Paula irá interpretar obras do acervo do site sesc.com/partituras, escrita exclusivamente para percussão solo. Um verdadeiro passeio pelas cores e sensações que o universo percussivo proporciona.
Léo de Paula, é musico instrumentista e já realizou vários concertos/apresentações nas mais renomadas salas de concerto no Brasil e exterior, dentre elas: Carnegie Hall (Nova Iorque, EUA), Kolarac Hall (Belgrado, Sérvia), Paleiskerk (Haia, Holanda) Purcell Room (Londres, Reino Unido), Teatro Municipal do Rio de Janeiro, Sala São Paulo, entre outras. Léo possui uma vasta experiência participando como percussionista de grupos de escolas de samba à obras concertistas. Vale a pena conferir!

Dia: 22 de novembro às 20h
Local: Teatro SESC Roo
Ingressos: 1 L de leite UHT ou 1 K de laranja/Bilheteria/1 h antes do concerto
Informações: 66-3411-1491/1484

Curta nossa página no facebook.com/culturasescrondonopolis, assim você fica por dentro de toda a programação cultural da unidade SESC Roo. Curta! Compartilhe essa ideia! Programe-se! Vem pro SESC!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FALAS DAS PERSONAGENS DE MACBETH, TRAGÉDIA DE SHAKESPEARE

“Aconteça o que acontecer, o tempo e a hora chegam ao fim dos dias mais difíceis” [Macbeth] “Não existe arte que possa decifrar o sentido da alma pela face” [Ducan] “Um rosto falso deve esconder o que sabe um coração falso” [Macbeth ] “O hálito frio das palavras gela demais a ação cálida” [Macbeth] “Horror! Horror! Horror! Não há língua nem coração que possam conceber-te ou nomear-te” [Macduff] “É fácil para um homem falso fingir uma dor que não sente.” [Malcom] “Ser rei, nada significa; é preciso ser tranquilo...” [Macbeth] “Nada se ganha, ao contrário, tudo se perde, quando nosso desejo se realiza sem satisfazer-nos.” [Lady Macbeth] “Todas as coisas irremediáveis deveriam ser esquecidas. O que está feito, está feito.” [Lady Macbeth] “Tudo não passa de uma visão criada pelo teu medo” [Lady Macbeth] “Vós bem sabeis: a confiança é o maior inimigo dos mortais.” [Hécate] “Tudo é temor, nada é amor e quase nada sabedoria, numa fuga tão precipitada contra toda a razão” [Lady Macduff] “Tud…

FALAS DAS PERSONAGENS DE REI LEAR, TRAGÉDIA DE SHAKESPEARE

“Meu amor é mais rico que minha língua” [Cordélia] “A liberdade vive lá fora e o exílio está aqui [Kent] “E que vossos atos possam confirmar vossos grandes discursos, para que das palavras de amor brotem virtuosas realidades.” [Kent] “O amor não é amor quando a ele se misturam preocupações estranhas ao seu puro objetivo” [França] “O tempo desvendará o que as dobras da astúcia encobrem” [Cordélia] “Começo a achar uma escravidão ociosa e estúpida a opressão da velhice tirânica que governa, não porque tenha poder, mas porque é tolerada” [Glócester] “... achamos que o sol, a lua e as estrelas sejam culpados de nossas desgraças...” [Edmundo] “A verdade é um cão que deve ser relegado ao canil; é jogado para fora a chicotadas...” [Bobo] “Sim, é verdade, terei cuidado com minha língua; embora nada digais, é esta ordem que vosso aspecto me dá...” [Bobo] “O próprio pudor reclama um remédio imediato” [Goneril] “Se o cérebro de um homem estivesse nos calcanhares, não haveria perigo de que ficass…

FALAS DAS PERSONAGENS DE OTELO, O MOURO DE VENEZA

“Não sou o que sou” [Iago] “Chorar uma desgraça consumada e desaparecida, é o meio mais seguro de atrair outra desgraça nova. [Doge] “As palavras não passam de palavras e nunca ouvi dizer que num coração magoado fosse possível penetrar pelo ouvido” [Brabância] “Estupidez é viver quando a vida é um tormento; e, aliás, temos a receita para morrer, quando a morte é nosso médico.” [Rodrigo] “Se a balança de nossas existências não tivesse o prato da razão como contrapeso ao da sensualidade, o sangue e a baixeza de nossa natureza nos conduziram às mais desagradáveis consequências.” [Iago] “O amor é simples concupiscência do sangue e uma tolerância da vontade...” [Iago] “Vós vos levantais para vadiar e ides para cama para trabalhar” [Iago] “Porque minha alma sente uma felicidade tão absoluta que tenho medo de que não haja um outro maravilhamento semelhante a este, no porvir desconhecido de meu destino.” [Otelo] “Quando o sangue fica amortecido pela ação do prazer, para inflamá-lo novamente e para da…