Pular para o conteúdo principal

GOVERNO INTERINO RETIRA URGÊNCIA DO PLP 257/16 PARA PRIORIZAR VOTAÇÃO DE META FISCAL

 O presidente interino Michel Temer solicitou ao Congresso Nacional que seja cancelada a tramitação em regime de urgência do Projeto de Lei Complementar (PLP) 257/16, que ataca frontalmente os direitos dos trabalhadores, principalmente servidores públicos – federais, estaduais e municipais. A matéria tramitava em regime de urgência constitucional e trancava a pauta de votação da Câmara dos Deputados. Temer pediu ainda a retirada de urgência na tramitação de outros dois projetos: PL 4495/2016 – que dispõe sobre a criação de fundos de precatórios no âmbito da União e dá outras providência -, e o PL 4625/2016, que simplifica as atividades dos auxiliares do comércio e o registro empresarial.

Segundo Paulo Rizzo, presidente do ANDES-SN, a decisão do governo em relação à tramitação do PLP 257 se deve à prioridades mais urgentes, como oprojeto que prevê o aumento do déficit fiscal de R$ 170,5 bilhões para 2016. 

“O governo interino quer pautar com urgência a proposta de aumento de déficit fiscal, que neste momento ganha extrema importância, o que não significa que o PLP 257 não continue dentro das prioridades deste governo”, ressaltou. O Projeto de Lei do Congresso (PLN) 1/16, que altera a meta de superávit fiscal para prever um déficit de R$ 170,5 bilhões para este ano, será votado nesta terça-feira, em sessão conjunta do Congresso Nacional. 

Paulo Rizzo reforçou que apesar da retirada do regime de urgência, os docentes, em unidade com as demais categorias do funcionalismo público, devem manter a mobilização nas ruas e junto aos parlamentares de seus estados, pelo arquivamento definitivo do projeto. “A luta contra o PLP 257 deve permanecer na mesma intensidade e mobilização, até porque o projeto continua em tramitação”, concluiu o presidente do Sindicato Nacional.

Teto para despesas públicas

O presidente interino, Michel Temer, e o ministro interino da Fazenda , Henrique Meirelles, divulgaram, nesta terça-feira, que o governo interino pretende encaminhar, ao Congresso Nacional até a próxima semana, uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para fixar o teto para a evolução das despesas públicas, de acordo com a inflação do ano anterior, o que limitará ainda mais os gastos da União com Saúde e Educação, por exemplo, dando sequência à política de ajuste fiscal e corte de recursos de áreas essenciais.


Fonte: ANDES-SN

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FALAS DAS PERSONAGENS DE MACBETH, TRAGÉDIA DE SHAKESPEARE

“Aconteça o que acontecer, o tempo e a hora chegam ao fim dos dias mais difíceis” [Macbeth] “Não existe arte que possa decifrar o sentido da alma pela face” [Ducan] “Um rosto falso deve esconder o que sabe um coração falso” [Macbeth ] “O hálito frio das palavras gela demais a ação cálida” [Macbeth] “Horror! Horror! Horror! Não há língua nem coração que possam conceber-te ou nomear-te” [Macduff] “É fácil para um homem falso fingir uma dor que não sente.” [Malcom] “Ser rei, nada significa; é preciso ser tranquilo...” [Macbeth] “Nada se ganha, ao contrário, tudo se perde, quando nosso desejo se realiza sem satisfazer-nos.” [Lady Macbeth] “Todas as coisas irremediáveis deveriam ser esquecidas. O que está feito, está feito.” [Lady Macbeth] “Tudo não passa de uma visão criada pelo teu medo” [Lady Macbeth] “Vós bem sabeis: a confiança é o maior inimigo dos mortais.” [Hécate] “Tudo é temor, nada é amor e quase nada sabedoria, numa fuga tão precipitada contra toda a razão” [Lady Macduff] “Tud…

FALAS DAS PERSONAGENS DE REI LEAR, TRAGÉDIA DE SHAKESPEARE

“Meu amor é mais rico que minha língua” [Cordélia] “A liberdade vive lá fora e o exílio está aqui [Kent] “E que vossos atos possam confirmar vossos grandes discursos, para que das palavras de amor brotem virtuosas realidades.” [Kent] “O amor não é amor quando a ele se misturam preocupações estranhas ao seu puro objetivo” [França] “O tempo desvendará o que as dobras da astúcia encobrem” [Cordélia] “Começo a achar uma escravidão ociosa e estúpida a opressão da velhice tirânica que governa, não porque tenha poder, mas porque é tolerada” [Glócester] “... achamos que o sol, a lua e as estrelas sejam culpados de nossas desgraças...” [Edmundo] “A verdade é um cão que deve ser relegado ao canil; é jogado para fora a chicotadas...” [Bobo] “Sim, é verdade, terei cuidado com minha língua; embora nada digais, é esta ordem que vosso aspecto me dá...” [Bobo] “O próprio pudor reclama um remédio imediato” [Goneril] “Se o cérebro de um homem estivesse nos calcanhares, não haveria perigo de que ficass…

FALAS DAS PERSONAGENS DE OTELO, O MOURO DE VENEZA

“Não sou o que sou” [Iago] “Chorar uma desgraça consumada e desaparecida, é o meio mais seguro de atrair outra desgraça nova. [Doge] “As palavras não passam de palavras e nunca ouvi dizer que num coração magoado fosse possível penetrar pelo ouvido” [Brabância] “Estupidez é viver quando a vida é um tormento; e, aliás, temos a receita para morrer, quando a morte é nosso médico.” [Rodrigo] “Se a balança de nossas existências não tivesse o prato da razão como contrapeso ao da sensualidade, o sangue e a baixeza de nossa natureza nos conduziram às mais desagradáveis consequências.” [Iago] “O amor é simples concupiscência do sangue e uma tolerância da vontade...” [Iago] “Vós vos levantais para vadiar e ides para cama para trabalhar” [Iago] “Porque minha alma sente uma felicidade tão absoluta que tenho medo de que não haja um outro maravilhamento semelhante a este, no porvir desconhecido de meu destino.” [Otelo] “Quando o sangue fica amortecido pela ação do prazer, para inflamá-lo novamente e para da…